Square

Arlindo Silva

Nasceu na Figueira da Foz, em 1974. Vive e trabalha no Porto. Licenciou-se em Artes Plásticas na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (FBAUP) em 2001. Bolseiro Erasmus – Academia de 
Belas Artes da Letónia, Riga, em 2001. Mestre em Estudos Avançados [DEA] na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Vigo em 2006. Doutorando em Arte Contemporânea – Colégio das Artes da Universidade de Coimbra. Investigador no CITAR-UCP desde 2008. Colaborou com Sónia Neves num 
projecto de parceria entre 2003-2008. Expõe desde 2003 em Portugal e no estrangeiro. Artista convidado em projectos de curadoria (selecção): Miguel von Hafe Pérez, Fundação Calouste Gulbenkian – Delegação Paris; Maus Hábitos;Centro de Arte Oliva | Filipa Oliveira, MNAA| Alberto; Caetano, Museu de Arte Contemporânea/Museu do Chiado | Manuel Santos Maia, ZDB; Galeria Municipal, Espaço Mira, Bienal da Maia| Óscar Faria, Galeria Quadrado Azul | Paulo Mendes, Centro de Arte Oliva; MNSR; 
Guimarães CEC; Terminal, Oeiras| Eduardo Matos e Carla Filipe, Salão Olímpico, CCVF e Serralves. Representado pela Galeria Quadrado Azul (Lisboa e Porto). Tem obra publicada em catálogos, resenhas críticas e representação em colecções privadas (nacionais e internacionais) e institucionais: Associação do Comercial do Porto, Universidade do Porto, Universidade do Minho, RAR Holding, Fundação Ilídio Pinho, Fundação 
PLMJ, CCVF.

Domingos Loureiro 

Nasceu em Valongo em 1977. Doutorado em Arte e Design pela Universidade Porto. Professor Auxiliar na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, no Departamento de Artes Plásticas- Pintura. Membro da Comissão Científica da LAP FBAUP. Membro do Conselho de Departamento de Artes Plásticas da FBAUP Investigador integrado e membro da Direção do Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade. Integra o Projecto Bases Conceptuais da Investigação em Pintura (2014-19). Organização do ICOCEP – International Congress on Contemporary European Painting. (2017, 2019); Organização das 2as Jornadas de Arte e Design, 2017. Artista plástico presente em exposições e coleções em diversos países como Espanha, França, Inglaterra, Bélgica, Itália, Irlanda, EUA, Brasil, Japão, Alemanha, Canadá, Holanda e Portugal, entre outros.
Prémio Dr. Gustavo Cordeiro Ramos, Academia Nacional de Belas Artes, 2013. Prémio D. Fernando II, Sintra, entre outros.
Autor e editor de diversos documentos científicos e académicos, entre os quais: Laranjo, F.; Loureiro, D., Torres, S., e Almeida, T.: Painting and Research, i2ADS/FBAUP 2017; Laranjo, F.; Loureiro, D., Torres, S., e Almeida, T.: Painting and Teaching, i2ADS/ FBAUP 2017; Ponte, S., Laranjo, F.; Loureiro, D., Torres, S..: Sobre Pintura, i2ADS/ FBAUP 2017; Loureiro, D., Torres, S., Varejão, A.,e Pinto, A. M.: Internamente – Pensamento e Prática artística em contexto hospitalar, SCMP/FBAUP 2018, Loureiro, D. e Torres, S.: Fazer e Dizer nas Artes Plásticas e no Design, I2ADS 2018; entre outros. Autor e orador em diversas conferências nacionais e internacionais, em Portugal e no estrangeiro. Áreas de Especialização: Sublime, Constrangimento, Paisagem, Natureza.

Francisco Laranjo

Francisco Laranjo (Lamego,1955), estudou Artes Plásticas na Escola Superior de Belas Artes do Porto (1973/78). Foi Bolseiro da JNICT, da Fundação Calouste Gulbenkian (1981/83) em Pós-Graduação e do Goethe Institut (2001). Na ESBAP e na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto realizou as provas académicas de pós-graduação, onde é, actualmente, Professor Catedrático. Professor Convidado em diversas Academias e Universidades como École Nationale Supérieure des Beaux-Arts, Paris; École des Beaux- Arts de Clermont Ferrand; Hochschule fur Bildende Kunste Dresden; École Supérieure des Arts de L’image, Bruxelas; Bellas Artes UCLM-Cuenca;  Marmara University, Istambul; Ottawa University e Alberta College of Art and Design, Canada; USP, São Paulo, Brasil; Kyungpuk National University e Changwon National University, Coreia do Sul; Nagasaki University, Japão. Tem exposto em prestigiadas Galerias e Museus em Portugal, Espanha, Alemanha, Itália, Holanda, Reino Unido, Canadá, Brasil, Chile, Japão, Coreia do Sul, entre outros países, e a sua obra está representada nas coleções do Museu de Arte Contemporânea da Fundação de Serralves, Porto; Museu da Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa; Museu Amadeo de Souza Cardoso, Amarante; Museu de Arte do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Brasil; Museu ASP, Wroclaw, Polonia; Institute of Contemporary Arts, Kunsan, Coreia do Sul; Museu KNU, Coreia do Sul, entre outros. No seu trabalho encontram-se interesses e linguagens que atravessam várias disciplinas da pintura, desenho, escultura, como ainda cenografia e design. Tem colaborado com Arquitectos na realização de obra pública. Constrói uma caligrafia metafísica em suportes de escalas de grandes variações, interessando-se pelo estudo da paisagem, pelo valor do gesto e da identidade cromática, explorando e questionando os meios como as técnicas da história das artes plásticas. É sobre o sentido da imagem a razão do seu testemunho. Entre outros Prémios destacam-se: Premio Revelação na 1ª Exposição Nacional de Arte Moderna ARUS, Museu Nacional de Soares dos Reis, Porto e Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa, !982/83; Medalha de Mérito (Grau Ouro) da Camara Municipal do Porto, 2009; Medalha de Mérito (Grau Ouro) da Camara Municipal de Lamego, 2013; Agraciado como Comendador da Ordem da Instrução Publica pelo Presidente da Republica Portuguesa, 2015. Vive o trabalha no Porto.www.franciscolaranjo.com

Sofia Torres

Professora Auxiliar no Departamento de Artes Plásticas na FBAUP. Doutoramento em Arte e Design na FBAUP, 2013/2017, Mestrado em Pintura na FBAUP, 2008/2010. Estudos na Accademia di Belle Arti di Bologna, em Itália, 2006/2007. Licenciatura em Artes Plásticas – Pintura, pela FBAUP, 2003/2008 e membro Integrado do I2ADS – Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade. Integra o Projecto Bases Conceptuais da Investigação em Pintura (2014-19). Organização do ICOCEP – International Congress on Contemporary European Painting. (2017, 2019). Desde 2005 participa em várias exposições individuais e colectivas em território nacional (Galeria João Lagoa, Fórum da Maia, Centro Cultural S. Mamede, Silo-Espaço Cultural), e internacional, em países como Brasil (Galeria Mckenzie University, São Paulo), Japão (Nagasaki Brick Hall), Itália (Galeria Altrebates), Espanha (JUSTMAD, Madrid) e recentemente na Australia (Peanut Gallery). Áreas de especialização: Uncanny, Antropomorfismo, Critical Animal-Studies, Figuração, Técnicas e matérias da pintura.

Teresa Almeida

Artista plástica e professora na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (FBAUP). Possui uma Licenciatura em Artes Plásticas – Pintura da FBAUP. Realizou duas pós-graduações em “Vidro e a Arquitectura” e “Vidro e as Artes Plásticas” na Central Saint Martins College of Art and Design, Londres; Mestrado em Arte/Vidro na Universidade de Sunderland, Inglaterra; Doutoramento em Estudos de Arte na Universidade de Aveiro e Pós-Doutoramento na VICARTE, ambos com bolsa da FCT. Desde 2006 íntegra a Unidade de Investigação VICARTE (Vidro e Cerâmica para as Artes), onde participa em vários projetos de investigação, colabora com o i2ads, Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade desde 2011. Tem participado em vários congressos internacionais, expõe regularmente em território nacional e no estrangeiro. Possui publicações em revistas internacionais, capítulos de livros e trabalhos de curadoria. Atualmente é membro editorial da revista Éter e membro do comité Internacional do ICOM Glass. O seu trabalho artístico foca o vidro como material plástico, onde a problemática ambiental é abordada. Áreas de especialidade: Vidro, Mosaico, arquitetural glass, Fusão.